Como escolhi o que queria ser

sábado, julho 15, 2017

Assim que eu entrei no ensino médio, eu me perguntei: “o que eu quero fazer?”, e assim foi. Pensando nisso, eu decidi que durante todo o primeiro ano eu ia pensar sobre a minha futura profissão e assim, decidir o que eu quero ser. E assim foi, durante todo o primeiro ano eu fiquei pensando sobre e decidi que a profissão na qual eu queria passar o resto da minha vida exercendo, seria odontologia. Afinal, eu sempre quis ser dentista, certo?

No fundamental, eu tinha uma grande dúvida entre odontologia e designer de interiores. Conversando com uma prima que cursa arquitetura, ela disse que seria melhor eu fazer arquitetura, pois eu iria mexer com isso e outras coisas. E eu fique com isso na cabeça, pois eu gostava de designer, projetar casas e o mesmo tempo, odontologia. Com o tempo, fui desenvolvendo um amor pela arquitetura e por um momento, até pensei em fazer arquitetura de interiores.

No meu primeiro dia de aula no primeiro ano eu cheguei a seguinte conclusão: no primeiro ano eu iria decidir o que queria fazer, no segundo iria estudar tudo relacionado a minha área e no terceiro, estudar pro vestibular. 

Porém, só foi no começo do segundo ano que eu realmente vi o que queria fazer. Claro, eu ainda amo odonto, mas não é algo que eu quero fazer pro resto da minha vida e parando para pensar, eu desenvolvi um amor por arquitetura que hoje, é algo que eu quero pro resto da minha vida, é algo que eu me sinto bem e que posso dizer: "Eu amo a minha profissão".

Decidida do que iria fazer, fui procurar as melhores universidades de arquitetura e para a minha surpresa, a USP estava em segundo lugar na lista das melhores universidades de AU no Brasil e uma das melhores do mundo. Eu já queria estudar na USP antes mesmo de saber o que queria, agora então. Mas como não podemos ter apenas uma opção, eu selecionei algumas universidades que queria entrar e fiz uma pesquisa de tudo que caia no vestibular de cada uma.

E gente! Não deixem pra estudar só no terceiro ano, dica de amiga. Muitos conteúdos se repetem, mas não é pouca coisa. Decidida e preocupada, resolvi começar a estudar no segundo ano. Assim, eu fiz um cronograma de estudos e organizei tudo que precisava pra finalmente começar a estudar. E a respeito de estudar tudo da minha área, eu fiz uma lista de tudo que podia estudar antes da faculdade e uma lista de cursos. Então de segunda à sexta eu estudo pro vestibular e sábado faço meus cursos.

E foi assim que eu escolhi o que queria fazer e onde queria fazer, espero que vocês já tenham decido o que gostam de fazer.


xo, emilly.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários